top of page

▷ Riscos Operacional no Day Trade


O que é o Risco Operacional?

O risco operacional é uma prática essencial para quem opera no mercado financeiro, principalmente no Day Trade. Trata-se de um conjunto de estratégias e métricas que visam controlar as perdas e maximizar os ganhos durante as operações.


Pré-requisitos para o Gerenciamento de Risco

Antes de aplicar o gerenciamento de risco, é necessário ter domínio da estratégia selecionada. Vale ressaltar que não existe uma única estratégia correta, cada trader tem suas preferências e necessidades. Além disso, é importante escolher um professor ou mentor que seja especializado na estratégia escolhida e que possa oferecer um suporte adequado.


Métricas do Gerenciamento de Risco

No gerenciamento de risco, são utilizadas algumas métricas importantes, como:


  • Limite de Perda por Operação: É o valor máximo que você está disposto a perder em cada operação. Essa métrica ajuda a preservar o psicológico e a manter a calma e disciplina durante as operações.

  • Limite de Ganho por Acerto: É o valor que você coloca no bolso a cada acerto. Por exemplo, se você define um limite de ganho de 150 pontos, a cada acerto você ganha esse valor.

  • Dias Operados: É o número de dias em que você tem permissão para operar dentro de um mês.

  • Capital Necessário: É o valor disponível que você tem para operar. É importante definir um valor que não cause impacto emocional caso seja perdido.

  • Número de Operações por Dia: É o número máximo de operações que você pode fazer em um único dia.

Exemplo de Cálculo de Gerenciamento de Risco

Vamos utilizar um exemplo para ilustrar como o gerenciamento de risco pode impactar os resultados. Nesse exemplo, consideraremos um alvo de 150 pontos de ganho e uma perda de 200 pontos.


Supondo que você opere 20 pregões no mês, com uma taxa de acerto de 70%, significa que você terá 14 dias com a meta de 300 pontos no bolso. Além disso, você terá direito a 6 dias de perda, onde perderá dinheiro.


Fazendo o cálculo com um contrato mini, se você atingir a meta de 300 pontos em um dia, você terá um rendimento de R$360 bruto. Porém, se terminar o dia com 400 pontos de perda, você perderá R$480. No final, seu rendimento será de R$360 bruto, o que representa 36% do capital bruto.


É importante ressaltar que esses cálculos não levam em consideração as taxas de corretagem, imposto de renda e taxas da B3, que serão descontadas do valor final.


Respeite as Métricas do Gerenciamento de Risco

Para obter resultados consistentes, é fundamental respeitar as métricas definidas no gerenciamento de risco. Faça no máximo 4 operações por dia, respeite a meta de ganho de 300 pontos e pare de operar ao atingir 400 pontos de perda. Além disso, mantenha o limite mínimo de R$1.000 por mini contrato e faça testes em uma conta demo antes de operar com dinheiro real.


Lembre-se sempre de calcular o índice de acerto, definir metas, calcular os ganhos e perdas, e verificar se a conta fecha positiva. Se você seguir esses princípios, estará no caminho certo para obter sucesso no Day Trade.


Espero que este vídeo tenha ajudado você a entender melhor o gerenciamento de risco e como aplicá-lo em suas operações. Lembre-se de sempre buscar conhecimento e aprimorar suas estratégias.

Comments


bottom of page